Game Design Portugal
Olá bem vindo a comunidade GDPT, se quiseres te:

Apresentar aqui

Registar aqui
Últimos assuntos
» Aulas de programaçao gratuitas em Lisboa para adolescentes
Qui Nov 21, 2013 9:51 pm por Talmeida

» Lista Actualizada de Empresas Portuguesas 14/11/2013
Qui Nov 14, 2013 10:17 pm por IuriMonteiro

» Restart - Game Design
Qua Set 11, 2013 8:23 am por IuriMonteiro

» ZombieApocalift
Ter Set 10, 2013 5:24 pm por IuriMonteiro

» Nova GamePlay
Qua Ago 28, 2013 2:14 am por easygamesproduction

» Programador Procura Conselhos
Sex Ago 02, 2013 5:45 am por easygamesproduction

» Unity 4 -Serie: Crie Seu Jogo de RPG 3D
Sex Ago 02, 2013 5:20 am por easygamesproduction

» Videojogos portugueses - Portugal Aqui Tão Perto
Sex Maio 31, 2013 7:39 am por IuriMonteiro

» Rayman Origins
Dom Maio 19, 2013 11:45 am por IuriMonteiro

» Last of Us
Sab Maio 18, 2013 11:16 am por IuriMonteiro

» Lista de todas as empresas portuguesas
Sex Maio 10, 2013 8:09 pm por IuriMonteiro

» Chrome World Wide Maze
Dom Mar 24, 2013 4:26 pm por IuriMonteiro

» Brigade - Real-time path tracing engine - WIP
Dom Mar 24, 2013 4:24 pm por IuriMonteiro

» Novo jogo da Battlesheep: Bounty Monkey
Dom Mar 24, 2013 4:06 pm por IuriMonteiro

» Unreal Engine 3
Seg Mar 04, 2013 11:37 am por Diogo86

» Where can I sell my Indie PC game?
Sab Nov 17, 2012 4:44 pm por IuriMonteiro

» When Players Make the Rules: On Memes and the Meta-Game
Sab Nov 17, 2012 4:41 pm por IuriMonteiro

» Electronic Arts COO Fights to Lead the New Game Industry
Dom Nov 04, 2012 3:36 pm por IuriMonteiro

» Miniclip - Game Designer
Dom Nov 04, 2012 3:31 pm por IuriMonteiro

» Miniclip - Studio Manager
Dom Nov 04, 2012 3:30 pm por IuriMonteiro


História dos Videojogos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

História dos Videojogos

Mensagem por iceburn91 em Seg Set 06, 2010 10:43 am


Em 1958 Willy Higinbotham era chefe da divisão instrumental do laboratório de brookhaven. Brookhaven centro de investigação nuclear patrocinado pelo governo americano, quando a guerra fria chegou ao seu pico. A direcção de brookhaven decidiu organizar visitas guiadas as instalações para demonstrar ao publico o que se fazia no centro e provar que este era seguro. Estas visitas eram conduzidas normalmente, à semelhança de um museu,por cartazes, fotos e equipamento. Willy decidiu fazer algo diferente.

Com seu colega Rovert Dvorak, desenvolveram um sistema entreter os visitantes através da simulação de um jogo de ténis virtual. Ligando um computador analógico concebido especialmente para o efeito a um osciloscópio com controladores feitos com blocos de madeira e interruptores simples, conceberam um jogo de ténis com um sistema físico realista, simulando vento, gravidade e colisões da bola com o chão, as raquetes e a rede. Tudo feito com válvulas e transistores (os quais tinham acabado de ser inventados). Depois de 3 semanas de design e implementação, estava terminado.

Na exposição, verificou-se que as pessoas perdiam mais tempo a ver e jogar "Tennis for 2" do que a ver o resto da exposição. Na maior parte das visitas escolares, os estudantes tinham de ser tirados de lá à força.

O primeiro jogo tinha nascido.

Mas a história continua. Em 1962 um estudante do MIT escreveu um jogo, Space Wars, para um dos computadores mais potentes da altura, o PDP-1, para demonstrar as potencialidades deste. O jogo foi um sucesso e os estudantes de várias faculdades deram por si a jogar Space Wars nos tempos livres em vez das tão populares mesas de pinball. O vicio estava a começar.Em 1971 foi lançada uma maquina de jogos a moedas. A partir dai tudo foi automático. Surgiram companhias como a atari e a magnavox conceberam consolas para ligar a televisão, tendo grande sucesso junto dos consumidores.

1986 foi um ano decisivo. Surgiu a NES da nintendo. Os gráficos eram surpreendentes. Foram feitos jogos fantásticos para esta consola. Mas não tardou a surgir a Master System, um fiasco da SEGA, que apesar de ter maiores capacidades, não apresentava jogos tão bons como a NES. Ai começou a grande guerra das consolas. Nintendo, Sega e Atari foram as primeiras companhias a esforçarem-se para produzir consolas cada vez mais potentes que iriam deliciar viciados em todo o mundo. Mega Drive, Super NES, NeoGeo, Saturn, PlayStation, Nintendo64, Dreamcast, Playstation2, PSP Playstation3, XBox, XBox360 e GameCube foram as mais badaladas consolas até hoje. Com a passagem do tempo, foi-se observando uma potente evolução das capacidades destas, a nível de realismo, qualidade de gráficos e jogabilidade.

Ao mesmo tempo, surgiu o PC, e este acompanhou o ritmo de evolução das consolas a nível de jogos, embora sempre um passo a frente. Com essa evolução vulgarizaram-se os jogos 3D e subsequentemente foi necessária a criação de hardware capaz de ajudar na renderização dos mesmos. Assim, tal como houve a febre das consolas, hoje há a febre das placas gráficas. Fabricantes como a NVIDIA ou ATI fazem biliões na venda destas, pois para correr os mais recentes jogos é necessário equipamento actualizado.

Com as correntes capacidades do hardware e a experiência que os criadores de jogos adquiriram, está-se a observar uma completa revolução no conceito de videojogo. Com universos cada vez mais imersivo, os jogos actuais estão a aproximar-se cada vez mais dos filmes, mas enquanto estes apresentam uma realidade fixa ao espectador, os jogos permitem ao jogador ser o herói, viver ele mesmo as emoções, sentindo que ele é que escolhe o final da aventura.

Na actualidade:

l Acção/Arcade

o First Person Shooters(FPS) - Simulações Bélicas 3D na 1ª pessoa, onde o jogador, munido de uma arma, destrói objectos, extermina monstros e, na vertente multiplayer, mata (‘frag’) outros jogadores. Na vertente singleplayer este é exposto a uma história, a qual só se desenvolve perante a finalização de níveis, nos quais está presente uma elevada quantidade de carnificina. (ex. Doom3, HalfLife2 )

o Third Person Shooters(TPS) - Jogos 3D na 3ª pessoa, sendo a gameplay praticamente igual aos FPS, podendo nestes jogos visualizar-se o personagem jogável. (ex. Tomb Raider, Oni)

o Luta - Jogos principalmente vocacionado para a vertente de luta corpo a corpo e/ou com algum tipo de arma contundente, sendo o objectivo principal pôr o seu oponente (humano ou CPU) KO. (ex. Mortal Combat, Ninja Gaiden, Tekken)

o Tácticos - FPS/TPS onde a componente principal para a progressão no jogo é a melhor ou pior abordagem táctica à situação com a qual o jogador é confrontado. (ex. SWAT, Rainbow Six)

o Stealth - Jogo semelhante aos FPS/TPS, mas em que a componente principal é realizar missões/tarefas de maneira semelhante à de um agente secreto, causando o mínimo possível de distúrbios no universo do jogo (ex. não ser detectado por câmaras, alarmes,seguranças) (ex. Deus Ex, Splinter Cell)

l Simulação - Jogos em que são emuladas situações da vida real ou imaginária onde o jogador tem o poder de alterar variáveis da simulação, interagir com esta ou viver uma experiência inacessível.

o Desporto O jogador tem a possibilidade de encarnar um profissional do desporto simulado, participar em campeonatos, torneios, seguindo as regras e objectivos da modalidade em questão. (Winter Olimpic Games, Pro Evolution Soccer, Pro Golf Simulator)

o Condução Aqui o jogador está na pele de um piloto de competição, com o objectivo de completar pistas/provas no menor tempo possível (Grand Prix3, Colin Mcrae Rally, Need For Speed)

o Voo o jogador está aos comandos de um avião, podendo controlá-lo realisticamente e realizar vôos comerciais reais ou, num avião armado, destruir objectivos e/ou participar em combates aéreos. (Microsoft Flight Simulator, Hogs of war)

o Gestão simuladores em que o jogador está num cargo elevado de controlo e chefia e tem que gerir/expandir o "negócio" em causa. (Sim City, Championship Manager, Transport Tycoon)

l Estratégia

o Estratégia em Tempo Real(RTS) - Jogos onde o jogador tem de construir e gerir um império, por via de estratégias relacionadas com logística, gestão de recursos e unidades. (Age of Empires, Warcraft, Rise of Nations, Starcraft)

o Tactica em Tempo Real(RTT) - Jogos onde o jogador tem como objectivo a eliminação do(s) adversário(s) através de tácticas e gestão de unidades de combate. Praticamente é um RTS onde a gestão de recursos é bastante mais simples e a utilização e posicionamento das unidades por parte do jogador é mais importante que a quantidade destas. (Total Annihilation)

l A-Life – Vida Artificial - O jogador cria e educa uma ou mais criaturas com inteligência artificial evolutiva, interagindo com elas e com o ambiente em que estão inseridas. (FinFin, Creatures, Black&White)



l Aventura/RPG -- Jogo onde o jogador encarna uma personagem num universo, e tem de controlar as suas acções/opções nesse mesmo universo, sendo estas determinantes no desenrolar da história. Normalmente há uma demanda que o personagem tem de completar, tanto por interacção com outras personagens do universo, como pela execução de sub-missões relacionadas com esta. (Final Fantasy, Diablo, Leisure Suit Larry)


l MMORPGs - Jogos de aventura Online, onde vários jogadores de qualquer parte do mundo podem partilhar o mesmo universo, todos interagindo em tempo real e trabalhando numa missão comum. (ex. FinalFantasy XII, Priston Tale, WoW)

l Puzzle - Jogos muito variados em que o objectivo principal é completar um puzzle segundo regras variadas, seja em modo solitário, contra o computador ou um adversário humano, pela internet ou no mesmo computador, à vez. (ex. Hexxagon, Tetris)

l Jogos de Tabuleiro ou de Cartas - Réplicas informáticas de jogos tradicionais de tabuleiro ou de cartas, com a possibilidade de jogar contra a IA do computador ou adversários online (ex. Monopoly, Copas)

l Educativos - Jogos que proporcionam, pela actividade lúdica, a aprendizagem de conceitos novos e/ou o desenvolvimento cognitivo do jogador. (ex. Descobrir a Célula)

l Retro - Apesar do aparecimento de gráficos 3D e jogos com universos profundos e complicados, há jogadores nostálgicos que continuam a jogar os simples jogos de antigamente, quer pela boa jogabilidade ou recordação de velhos tempos. São normalmente jogos simples e de gráficos pouco elaborados. (ex. Space Invaders, Pac-Man)

l Party Games - Estes jogos sao vocacionados principalmente para festas ou outras ocasiões em que várias pessoas estejam reunidas num mesmo local, para todos poderem jogar em um computador ou consola. Centram-se, por isso, em conteúdos divertidos e simples, em pacotes com vários pequenos jogos, vocacionados para o modo HotSeat(um jogador à vez, com tempo de jogo reduzido) ou 1 contra 1. (ex. Super Monkey Ball)

l Plataformas – Jogo em que a progressão é feita pela maior ou menor destreza na deslocação por entre platformas (ex. SuperMario, Pandemonium, Crash Bandicoot)
avatar
iceburn91
Regular
Regular

Mensagens : 80
EXP : 2906
Kudos : 0
Data de inscrição : 05/09/2010
Idade : 26
Localização : Carnaxide

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum